Translate this Page

Rating: 2.8/5 (302 votos)




ONLINE
2





Partilhe este Site...



 

 São as intenções que elaboram e constroem os atos, que por sua vez, iniciam, desenvolvem e concluem as obras.

 

Portanto, o Ser Humano não deve ser criticado, julgado, condenado e/ou castigado em seus sentimentos, pensamentos e atos, mas sim em suas obras, ou melhor, em suas intenções. Sr. Jair Tércio.

 

Eis que, meus amados , o Ser Humano inicia-se na senda do bem viver com o conhecimento; Eleva-se em tal senda com o autoconhecimento; e exalta-se na mesma com a auto-realização. Sr. Jair Tércio.

 

Eis que um pai, quando verdadeiro, aspira e, ao mesmo tempo, conspira para ter os seus filhos por perto, estejam eles crescidos ou não.

No entanto, Deus , a vida do absoluto, Pai nosso que é e está em toda parte, não houve pedidos finitos.

Portanto, o Ser Humano necessita aprender a saber pensar até não mais poder, ou seja, até o desmedido, para saber pedir desmedidamente, imutavelmente. Sr. Jair Tércio.

 

Segundo o Plano Divino

 

A necessidade oportuniza a vontade;

A vontade oportuniza a imaginação;

A imaginação oportuniza a inteligência;

A inteligência oportuniza a verdade;

A verdade oportuniza a consciência;

A consciência oportuniza a ciência.

Assim, o Ser Humano deve se apressar na busca da verdade, enquanto não perde a coragem. Sr. Jair Tércio.

 

 

 

 

 


QUEM SOU EU?



                                                                       

  • Prof. Esp. Filósofo ANTONIO DAVI RIBEIRO JUNIOR.
  • Pesquisador Genuíno: A Filosofia do Autoconhecimento.
  • Pós-Graduado em metodologia do ensino superior com ênfase em novas tecnologias.
  • Especialista em Consciência e Educação.
  • Terapeuta Holístico (naturopata)
  • Curso em Teologia 
  • Curso de Sociologia
  • Terapeuta Holístico
  • Músico (voz, violão)
  • Compositor
  • Escritor (Livro - A vida pelos espelhos)
  • Licenciatura em Filosofia
  • Doutorando em Filosofia da Educação.
  • Pai de família e formador de opiniões quanto à vida, o
  • viver e as relações.

topo